DESCONTO PROGRESSIVO | TODO SITE EM ATÉ 3X SEM JUROS

Tipos de vinhos: conheça os principais

O mundo do vinho é rico em muitos aspectos, como histórias, uvas, regiões, países produtores e também os tipos. Existem os tintos, os brancos, os rosés, os espumantes, os frisantes e os fortificados. Saiba mais sobre os principais tipos de vinhos

Vinhos tintos

Os tintos, produto da fermentação das uvas, são os vinhos mais apreciados do mundo. Com sua coloração que vai de vermelho a violeta, eles têm estilos muito variados, dependendo da escolha do enólogo e das regiões onde são elaborados. 

A intensidade da sua coloração varia de acordo com o tempo em que as cascas das uvas ficam em contato com o suco, já que são elas que conferem a cor à bebida. Quanto à classificação de açúcar, os tintos podem ser secos, meio secos e doces (suaves). 

Os tintos possuem taninos, compostos químicos responsáveis pela adstringência em boca, a famosa sensação de "boca amarrada", secura da saliva. Eles podem estar bastante presentes no vinho ou podem ser sutis. 

Vinhos brancos

Assim como os tintos, os vinhos brancos são elaborados a partir da fermentação das uvas, porém, no caso deles, sem ou com pouca presença das cascas das uvas. Por isso, suas colorações variam de amarelo-palha ao dourado. 

Eles também podem ser secos, meio secos e doces (suaves), de acordo com a classificação de açúcar. Como não ficam em contato com as cascas das uvas, não apresentam taninos perceptíveis, tendo a presença de acidez que, ao contrário dos taninos, estimula a salivação. 

Vinhos rosés

Ao serem elaborados, os vinhos rosés ficam em contato com as cascas da uva, mas por menos tempo que os tintos. Daí as colorações que variam do rosa claro ao cereja. Assim como os tintos e os brancos, eles também podem ser secos, meio secos ou doces (suaves), dependendo do percentual de açúcar. 

Os rosés apresentam mais acidez do que taninos, no paladar, sendo mais similar aos brancos na degustação. 

Espumantes

Os vinhos espumantes, diferentemente dos tranquilos, apresentam gás carbônico. Ele aparece na bebida em forma de borbulhas, tecnicamente chamadas de perlage. Para manter o gás, esse tipo de vinho passa por duas fermentações. 

Eles podem ser brancos, tintos ou rosés e também possuem uma classificação quanto à quantidade de açúcar, específica para eles. 

Frisantes

Parecidos com os espumantes, os frisantes são vinhos que também apresentam gás carbônico em forma de borbulhas. Contudo, elas são menos abundantes que as dos espumantes, já que passam por só uma fermentação. De forma geral, são fáceis de beber e de agradar. Também têm classificação quanto ao açúcar, assim como os demais vinhos.

Fortificados

Também chamados de licorosos, os vinhos fortificados têm alto teor alcoólico por terem acréscimo de álcool vínico, atingindo de 14% a 18% de teor alcoólico em volume, segundo a legislação brasileira (essa quantidade sofre variações de acordo com o país de origem). 

Existem vários vinhos fortificados, como os popularmente conhecidos como "vinho de sobremesa", ainda que esse termo não exista na classificação oficial, os vinhos do Porto, vinhos Madeira, Marsala, Jerez e Late Harvest.

Agora que você já sabe mais sobre os diferentes tipos de vinhos, aproveite nossa seleção para sentir todas as diferenças entre eles!

Postagem anterior
Postagem seguinte

Deixe um comentário

Seleção Cavista

Fechar (esc)

Entregas em até 100min suspensas

Devido ao recesso de Carnaval, nossas entregas em até 100 minutos estão suspensas e retornam dia 02/03/2022. Todos os outros métodos de entrega continuam funcionando normalmente.

Confirme sua idade

Você é maior de 18 anos?

Buscar

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.
Comece a comprar